Notícias


Estratégia & Marketing Postado em quarta-feira, 17 de abril de 2019 às 16:46
A C&A, rede de lojas de departamento, lançou uma plataforma de jogo atrelada ao programa de relacionamento C&A&VC para intensificar o relacionamento do consumidor com a marca.

O projeto é uma aposta no conceito de gamificação, a tendência de envolver o público, seja interno ou externo, usando a dinâmica de jogos.

Disponível no aplicativo da C&A para clientes do C&A&VC, o jogo propõe que os consumidores cumpram missões interativas em troca de recompensas, como descontos, experiências e vantagens para as próximas compras.

Quanto mais &mojis acumulados, maiores serão os benefícios, que vão desde fila expressa nas lojas a bate-papo com estilistas da empresa.

“A C&A está sempre atenta às novas tendências de tecnologia e do próprio varejo para satisfazer os desejos e hábitos de consumo dos nossos clientes que buscam, cada vez mais, interação e novas experiências com suas marcas preferidas. Pensando nisso, lançamos este game que, de forma inovadora e divertida, intensifica o relacionamento com a C&A, além de fortalecer a nossa conexão com os 4 milhões de clientes do nosso programa de relacionamento C&A&VC”, destaca Paulo Correa, presidente da C&A Brasil.

A mecânica do &mojis é integrada ao programa de relacionamento. Após habilitar o game gratuitamente no aplicativo, os clientes C&A&VC de todo o país recebem missões variadas, desde interações digitais por meio do app e redes sociais até visitas presenciais nas lojas para incentivar a reciclagem de roupas e eletrônicos ou tirar uma selfie no provador.

Os desafios finalizados são revertidos em &mojis criados pela C&A especialmente para o jogo.. A quantidade de lik&s define em qual dos 3 níveis do programa o cliente vai ficar: curte, adora ou ama. Os &mojis, assim como o C&A&VC, não estão vinculados ao cartão da loja.

Fonte: SBVC
Estratégia & Marketing Postado em quarta-feira, 17 de abril de 2019 às 16:13
De acordo com os números da MediaKix, o marketing de influenciadores no Instagram já é um negócio de 1,7 bilhão de dólares, e um novo relatório da Edited rastreia a maneira como a plataforma de partilha de imagens continua a revolucionar a forma como são criadas as tendências na indústria da moda, focando-se especificamente em duas das tendências mais atuais do momento: o néon e o animal print.


Como indicado pela Edited, enquanto antes as tendências surgiam na passarela ou eram geradas nas ruas, a rápida resposta que agora alguns vendedores podem oferecer acrescentou um novo elemento ao ciclo da moda.

No entanto, o mais importante é que agora, graças ao facto de os consumidores poderem interagir com os influenciadores em tempo real, as tendências virais das redes sociais podem alterar e interromper esse ciclo a qualquer momento.

A tendência néon, por exemplo, começou a ganhar força em agosto do ano passado, quando Kim Kardashian West compareceu ao aniversário da sua irmã Kylie, um evento muito documentado no Instagram, num vestido rosa néon personalizado da Yeezy. Desde então, a quantidade de novos produtos néon aumentou 743% em comparação com o mesmo período do ano anterior, enquanto a hashtag #neon tem atualmente cerca de 10 milhões de publicações no Instagram.

A Fashion Nova, uma retalhista de fast fashion, foi uma das primeiras a aderir à tendência, oferecendo rapidamente uma gama de produtos néon e imediatamente as passarelas seguiram o exemplo, com marcas como Off-White, Blumarine e Christian Sirano a incluírem toques desta gama nas suas propostas para a primavera 2019.

Com a tendência já consagrada, o seu crescimento começou a acelerar rapidamente, uma progressão traçada pela Edited, que associou a introdução de novos produtos néon no mercado dos Estados Unidos com as populares publicações do clã Kardashian-Jenner.

Tal como mostra o gráfico da Edited, esta tendência começou efetivamente a acelerar o ritmo em dezembro de 2018 e continuou a mostrar um crescimento particularmente forte a partir de janeiro, após Kendall Jenner publicar uma fotografia sua com uma blusa verde néon, que teve cerca de 7,8 milhões de gostos.

No entanto, foi Kylie Jenner quem impulsionou uma inesperada sub-tendência em janeiro deste ano, com um novo produto de estampado de vacas que aumentou 260% nos últimos três meses, após a publicação de uma fotografia do seu maiô esportivo decorado com este estampado bovino nas celebrações do primeiro aniversário da sua filha Stormi.

Há muito tempo que os estampados de animais se estabeleceram como favoritos entre influenciadores e celebridades, e o mercado de massas nos Estados Unidos registou um aumento de 371% em novos produtos com este tipo de estampado desde 2016.

O estampado de leopardo tem estado na liderança, com o número de novos produtos a aumentar 345% desde 2016, mas o estampado de cobra aumenta rapidamente, registando um crescimento de novos produtos de 427% no mesmo período.

Olhando para o futuro, a Edited também destacou quatro tendências populares entre os influenciadores que parecem prontos para ganhar força nos próximos meses. Os novos lançamentos de produtos tie-dye, por exemplo, dispararam 803% no mercado dos Estados Unidos nos últimos três meses, em comparação com o mesmo período do ano passado, enquanto a introdução de novos acessórios para o cabelo cresceu 135%.

Tendência recorrente nas coleções para o outono de 2019, os macacões estilo frentista (boilersuits) aumentaram 30% no mesmo período de três meses, com os tons neutros a ganharem terreno, com um aumento de 22%.

Em março de 2019, o Instagram contava com mais de bilhões de utilizadores e mais de 500 milhões de utilizadores diários do Instagram Stories. E o poder dos influenciadores da plataforma parece continuar a aumentar, graças às novas funcionalidades introduzidas pela própria plataforma e à função de pagamento lançada recentemente, além das inovadoras associações com influenciadores lançadas pelas marcas

Fonte: Fashion Network