Notícias


Gestão & Liderança Postado em terça-feira, 09 de julho de 2019 às 09:43
Liderança não é uma pose ou um título, mas a vontade de assumir responsabilidades, é uma postura que se assume diariamente — tem a ver com os detalhes. Como líder, é fácil se concentrar no que precisa ser feito e no que está à sua frente, e não lembrar que suas ações estão dizendo aos outros muito mais sobre você do que o que você, ou seu título, está dizendo.

Isto não é exatamente sobre a linguagem corporal, é sobre como você trata os outros, como você inspira as pessoas ao redor, como você assume riscos e toma decisões pela equipe, por exemplo. Todos os grandes líderes sabem que as ações falam mais alto que palavras, mas o que suas ações estão dizendo?

Como você pode identificar um líder pelas ações? É porque eles têm um crachá que orgulhosamente exibe “Manager”. Eles são os fundadores de uma startup? Um superintendente? Político? Treinador da seleção? Se você notou um padrão, todos esses são títulos.

Um título não é capaz transformar automaticamente alguém em um líder. A liderança é composta por uma mistura dinâmica de comportamentos, mentalidade e habilidades, que são usadas para mover as pessoas em direção a um objetivo comum e que seja focado na melhoria da organização.

Em outras palavras, são as ações, não o título, que fazem de alguém um líder. Quais ações? Aqui estão algumas ações que os líderes de sucesso fazem no dia a dia.

1. Eles comunicam claramente suas expectativas de visão e desempenho

Os líderes são conhecidos por serem excelentes comunicadores. Isso porque a liderança transmite ideias e move pessoas em uma mesma direção. Afinal, de que outra forma você espera explicar e convencer os outros a embarcarem em sua visão, senão pela comunicação?

É algo que começa com os líderes tendo que ser autênticos, o que significa que eles sabem quem são e quais são seus valores, bem como quais são seus planos para o futuro. Transmitir sua empolgação pelo futuro é uma certeza de convencer sua equipe a conquistar sua visão. Mas você também precisa ser capaz de explicar claramente as expectativas de desempenho para a sua equipe para que eles possam imaginar a situação ilustrada de forma ampla.

A maioria das expectativas de desempenho inclui:

* Um processo de planejamento estratégico que define a direção e os objetivos;
* Uma estratégia de comunicação que informa aos membros da equipe onde eles se encaixam no quadro geral;
* Um processo para definição de metas, avaliação e responsabilidade;
* Suporte Organizacional.

2. Eles tomam decisões rápidas

Líderes são conhecidos por serem tomadores de decisão especializados. Eles também são conhecidos por tomar essas decisões incrivelmente rápidas.

A maneira mais simples de inspirar mudanças e tomar decisões é por meio de uma “estrutura simples e flexível de Know-Think-Do”, que envolve:

* Conhecer o objetivo estratégico final, também conhecido como o que terá o maior impacto;
* Pensando racionalmente sobre como suas opções se alinham com o objetivo final;
* Ser proativo com o conhecimento e pensamentos que você teve.

3. Eles colocam os holofotes sobre os outros

Líderes raramente se tornam o centro das atenções. Eles reconhecem e demonstram sua gratidão pelo trabalho árduo, dedicação, sucesso e até mesmo outros esforços de liderança dos membros da equipe por meio de um informativo mensal, reuniões semanais, conteúdos de mídia social ou mesmo cerimônias de premiação.

Eles também incentivam os outros a compartilharem suas ideias e falarem para que possam expressar suas perspectivas ou pontos de vista.

4. Eles se colocam por último

Os líderes são aqueles que estão dispostos a desistir de algo próprio para dar a seus seguidores. Seu tempo, sua energia, seu dinheiro, talvez até a sua “fatia do bolo”. Quando importa, os líderes preferem comer por último. Em resumo, os líderes sempre colocam os outros em primeiro lugar – mesmo que eles devam sacrificar algo em troca.

5. Eles aceitam total responsabilidade e compartilham o crédito

Líderes de sucesso não dão desculpas quando algo não sai como planejado. Eles não constrangem os funcionários na frente de todos. Eles assumem total responsabilidade e culpa. E, se eles sentem que um membro da equipe cometeu um erro, eles dão esse feedback em particular.

Ao mesmo tempo, quando as coisas acontecem como planejado, ou excedem as expectativas, eles não recebem todo o crédito. Os líderes compartilham esse sucesso com a equipe que trabalhou com eles lado a lado – lembre-se, eles colocaram os holofotes em outros.

6. Eles identificam pontos fortes e fracos

Uma das características mais interessantes que os líderes de sucesso têm é a capacidade de identificar os pontos fortes e fracos de si mesmos e de sua equipe. Em vez de deixá-los ficar complacentes ou prepará-los para o fracasso, os grandes líderes promovem um ambiente no qual podem incentivar e desafiar suas equipes a aprender e crescer — tanto pessoal como profissionalmente.

Independentemente se é por meio de incentivos como workshops, palestras, treinamentos, ou adoção de novas tecnologias que agilizam processos, os líderes percebem que, para que sua equipe cresça, eles precisam aprender novas habilidades e desenvolver suas habilidades atuais de forma progressiva.

7. Eles se concentram no “como” e “por que”

Líderes eficazes não se concentram em números e tarefas que foram realizadas. É legal que você acabou de conquistar cinco novos clientes. Mas como você conseguiu esses clientes? Como os membros da equipe participaram dessa conquista? Quando os líderes parabenizam um membro da equipe, explicam por que eles fizeram um bom trabalho.

Destacar o “como” e “por que” cultiva qualidades de caráter positivo, além de proporcionar um reconhecimento mais profundo. Também permite que o líder e a equipe percebam o que funcionou para que possa ser replicado.

8. Eles assumem riscos sem serem imprudentes

Tudo o que vale a pena fazer envolve risco. Como Dale Carnegie disse certa vez: “Tente a sua sorte! A vida é feita de oportunidades. O homem que vai mais longe é quase sempre aquele que tem coragem de arriscar”. Aqui está o fundamental: líderes de sucesso são tomadores de risco — de forma calculada e prudente — pois estão dispostos a tentar algo novo, e assumindo riscos de forma calculada, mesmo que falhem, não comprometem o futuro de seus colegas.

Liderança não é um título ou uma caixa em um organograma. É uma responsabilidade para os outros que inclui demonstrar a eles que você se importa com eles como pessoas, não simplesmente como um empregado. Significa exibir um comportamento que diz que “suas necessidades, seu desenvolvimento e seu tempo” são importantes para mim e tão importantes quanto as minhas. Você deve modelar para os outros o comportamento e as ações que você quer deles. Grandes líderes constroem relacionamentos de alta confiança com todos ao seu redor, o que começa com os outros sabendo o que esperar de você e eles podem contar com você.

Fonte: Dale Carnegie